ESTE BLOG, PROPÕE-SER GENERALISTA. GOSTO DE ABORDAR TUDO O QUE ME PAREÇA DE INTERECE GERAL, E QUE ME DÊ PRAZER PUBLICAR.

Quinta-feira, 30 de Setembro, 2010

UM PARAÍSO

 

Um dia alguém me pediu,

Sem o menor preconceito,

Que lhe desse o que sentiu,

 Bater dentro do meu peito.

 

E eu sem sequer pensar nisso,

Logo disse é todo teu,

Foi logo como que partisse,

Direitinho rumo ao céu.

 

Nunca me tinham falado,

Ao ouvido e tão baixinho,

Coisas que me deixaram Alado,

 E a pensar no meu destino.

 

Foi um dia para não esquecer,

Sempre que a vida corre mal,

Lembrar como é bom viver,

Neste paraíso terreal.

 

Autor Eduardo Gonçalves.

publicado por Sulitário às 17:17

De fato há lembranças que fazem que a vida valha a pena,né amigo?
Por isto se diz que há tempo para tudo nesta vida.

Beijos
Ivete a 1 de Outubro de 2010 às 02:23

OLÁ AMIGA Ivete, muito obrigado pela visita, eu é que ando atrasado, mas é o destino que quem já andou adiantado em tempos idos. Quanto ao tempo, é verdade, há tanto tempo na vida, como de pessoas há a desperdiçá-lo por vezes ingloriamente. Mas a vida é mesmo assim. Muitos são os chamados, mas poucos os escolhidos. Um beijinho e melhoras

Lindo o que escreveste, Amigo!
E...estas recordações lindas deves guardá-las em teu coração como momentos felizes que esta vida te deu...!
Aliás, todos temos momentos na vida que devemos reter em nossa memória, e nunca deixar que eles morram!
Eu continuo a guardar em meu coração todos os momentos lindos que tive e que me proporcionaram, quer tenha sido este, aquele ou aqueloutro...Vale a pena recordar!
E tive tantos... tantos que meu baú está cheio!
Parabéns pela tua veia de poeta e ela é tão inspiradora! Gostava de ser assim!
Beijinho, Sulitário!
Tina a 1 de Outubro de 2010 às 14:17

Fui apanhada Eduardo, não conhecia este cantinho ou então está diferente. Foges crias coisas novas e não dizes nada, malandreco. Gostei muito, vou voltar se não perder o endereço. beijokas
TiBéu ( Isa) a 6 de Outubro de 2010 às 11:26

Olá amiga Tibeu. Obrigado pela tua visita. Desculpa, mas eu não criei nunca um blog. Tem sido sempre á sombra das pessoas amigas, a quem devo muito, E o que acontece, é que eu passo a minha pass, para essa amiga, que dá pelo nome de Ivete, é uma crak, tanto a escrever, como a fazer blogs, e ela é que tem sido a minha criadora, e eu estou-lhe muito grata por isso. Sabes amiga com todo o respeito vou contar-te uma anedota. Havia um moço que disse para o pai: Ó pai, ajude-me aqui a por esta mulher no chão, que a partir daí, já eu me arranjo. Eu estou um pouco como esse moço. Depois do blog criado e a rolar, já eu vou dando um pequeno jeitinho mas até lá sou um zero à esquerda da vírgula. Um beijinho e desculpa por tudo isto. Um beijo deste amigo de longa data. Eduardo.


mais sobre mim
Setembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
8
9
10
11

12
13
15
16
17

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29


últ. comentários
Olá Amiga Ivete. Este é outro que está perdido, só...
Não estressa,meu amigo. Fico feliz que tenhas recu...
Olá amiguinha. Obrigado pelo teu carinho, és um am...
Oi Ivete...Só agora esta despistada viu que já tin...
Olá, meu amigo!Não tens que pedir desculpa...eu é ...
Olá amigo. Obrigada,pelo carinho!Fiquei triste por...
OI Minha querida amiga Ivete. quantas saudades dos...
Não te preocupes em responder...quando puderes faz...
Comentário: Olá minha querida e doce amiga Tina. Q...
OLÁ AMIGUINHA. DESCULPA, TENHO AQUI UMA PARAFERNÁL...
pesquisar
 

contador gratis

blogs SAPO


Universidade de Aveiro