ESTE BLOG, PROPÕE-SER GENERALISTA. GOSTO DE ABORDAR TUDO O QUE ME PAREÇA DE INTERECE GERAL, E QUE ME DÊ PRAZER PUBLICAR.

Quinta-feira, 30 de Setembro, 2010

UM PARAÍSO

 

Um dia alguém me pediu,

Sem o menor preconceito,

Que lhe desse o que sentiu,

 Bater dentro do meu peito.

 

E eu sem sequer pensar nisso,

Logo disse é todo teu,

Foi logo como que partisse,

Direitinho rumo ao céu.

 

Nunca me tinham falado,

Ao ouvido e tão baixinho,

Coisas que me deixaram Alado,

 E a pensar no meu destino.

 

Foi um dia para não esquecer,

Sempre que a vida corre mal,

Lembrar como é bom viver,

Neste paraíso terreal.

 

Autor Eduardo Gonçalves.


Sábado, 18 de Setembro, 2010

O PRAZER DE DAR

Um dia notei que uma certa amiga, estava interessada, por saber come se pronunciam certas letras, quando inseridas numa palavra, e ou até numa fr54ase. Eu tive a brilhante ideia de tentar ajudá-la, mas é bem verdadeiro o ditado que diz: Quem nasceu para burro, nunca chegará a cavalo. Ou será que não é bem assim. Então vejam!


Terça-feira, 14 de Setembro, 2010

TENTANDO SEGUIR EM FRENTE

Em primeiro que tudo, tenho que pedir desculpa, à Grande vedeta e Sra. Adriana Calcanhoto, por ter publicado este vídeo com o seu poema, sem saber sequer, se o podia fazer, pois ainda não aprendi a distinguir quais posso ou não publicar, e chegar até aos autores, porque é difícil, quando se trata de vedetas. Decidi correr o risco e ficar aberto à censura, ou até ao castigo, se for o caso. Pois este vídeo cada um o pode ver e ouvir, como bem entender, mas eu chamo a atenção de quem o ouve, para a mensagem que este poema transmite, que é muito verdadeira e muito real, não pode e não deve ser visto como um poema erótico, nem de baixo nível, mas sim um poema muito político-social, que retrata o pensamento humano generalizado, e quase sempre errado, que se tem das pessoas de níveis sociais acima de nós, que por vezes até chegam a parecer que são de outra galáxia. As minhas desculpas para a Adriana. Em segundo, não quis deixar fazer um ano, sem voltar a postar de novo, neste blog, para que não passe a ideia que eu já não devo fazer parte deste planeta, pois embora em muito mau estado de conservação, mas ainda por cá ando. As minhas desculpas também às pessoas que me seguiram durante as publicações regulares, por ter desaparecido sem mais aquelas.


Terça-feira, 07 de Setembro, 2010

Gosto ver, estes testemunhos, que com tanta mestria atestam a inteligência dos povos Maias. Também as gravuras Rupestres? Que serão também obra dos Maias, ou não, quem sabe dos Incas. A verdade é que dá gosto contemplar, e até amar, porque não? Abençoados sejam estes povos, que com tanto carinho preservam, estas autenticas relíquias, Que fazem os encantos de quem as visita e ama.


mais sobre mim
Setembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
8
9
10
11

12
13
15
16
17

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29


últ. comentários
Olá Amiga Ivete. Este é outro que está perdido, só...
Não estressa,meu amigo. Fico feliz que tenhas recu...
Olá amiguinha. Obrigado pelo teu carinho, és um am...
Oi Ivete...Só agora esta despistada viu que já tin...
Olá, meu amigo!Não tens que pedir desculpa...eu é ...
Olá amigo. Obrigada,pelo carinho!Fiquei triste por...
OI Minha querida amiga Ivete. quantas saudades dos...
Não te preocupes em responder...quando puderes faz...
Comentário: Olá minha querida e doce amiga Tina. Q...
OLÁ AMIGUINHA. DESCULPA, TENHO AQUI UMA PARAFERNÁL...
pesquisar
 

contador gratis

blogs SAPO


Universidade de Aveiro

subscrever feeds